Todos os posts de igorcampos

Estou aqui de passagem... e tenho muito a aprender... desde 2000 bebo vinhos muito, muito, antes disso. "O espirito é variável como o vento, mais coerente é o corpo, e mais discreto; mudaste muitas vezes de pensamento, mas nunca de teu vinho predileto"

Doceria ensina receita de “minicupcake” de brigadeiro

Cupcakes do tamanho de uma mordida, da loja Kapcakes, de São Paulo, em sabores sortidos

INGREDIENTES

Massa

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 3/4 de xícara de chocolate em pó
– 1 xícara de leite
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 1 xícara de manteiga molinha
– 2 xícaras de açúcar
– 4 ovos
– 1 colher de sopa rasa de fermento

Brigadeiro

– 1 lata de leite condensado
– 3 colheres de sopa de chocolate em pó
– 1 colher de sopa de margarina

PREPARO

Massa

Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme esbranquiçado

Acrescente os ovos um a um e bata a cada adição. Junte os ingredientes secos até ficar bem misturado e homogêneo.

Peneire a farinha com o fermento e o chocolate em pó. Junte os ingredientes secos ao creme e, por último, o leite. Bata tudo muito bem por aproximadamente 1 minuto.

Asse em miniforminhas de cupcakes (ou formas pequenas para quindim) untadas e enfarinhadas por aproximadamente 15 minutos em forno médio (180ºC).

Brigadeiro

Leve todos os ingredientes ao fogo e cozinhe ate soltar do fundo da panela. Deixe esfriar bem.

MONTAGEM

Faca um furo em cada cupcake com o auxílio de uma faca com ponta fina e recheie com o brigadeiro.

Faça uma bolinha de brigadeiro e coloque em cima de cada bolinho. Enfeite com o granulado.

Especialista ensina a fazer caipirinha de chá e combinar sabores

Saiba o que foi servido na harmonização da última terça-feira (23) com o “sommelier de chá” chileno Cristian Pastene, em São Paulo, e veja algumas receitas e comentários do especialista

Chá preto de morango gelado
A receita foi servida no início da recepção. Esquente 100 ml de água, mas não deixe ferver. Deixe 1 saquinho de chá de morango em infusão na água, finalizando o chá. Enquanto isso, coloque morangos picados e gelo até a metade de um copo. Adicione o chá e reserve até gelar. Adoce a gosto.

Chá verde marroquino ao hortelã com brigadeiro de chocolate e menta
O chá verde tem componentes que agem como um adstringente bucal, “limpando” a gordura do alimento. As ervas completam a harmonização com o chocolate.

Chá preto tipo “english breakfast” com coxinha de mandioquinha e queijo brie
Essa variedade de chá (cultivada em baixas altitudes) é muito consumida com leite, pela manhã. Assim, alimentos com itens lácteos combinam com ele. Mas o especialista alerta que a mistura de leite com chá verde (de locais mais altos) não é indicada. “Como esse chá é mais suave, qualquer componente mais forte pode ‘matá-lo'”, explica Pastene.

Chá verde com canudinhos de cogumelos
Novamente, a ação “detergente” do chá se integra ao petisco salgado e oleoso.

Chá preto ao sabor caramelo com bolo de bananas
O gosto amargo do chá preto (cultivado em médias altitudes) é suavizado pelo sabor doce do acompanhamento.

Caipirinha de chá preto tipo “earl grey”
A bebida fechou a harmonização. Confira a receita: use 1 saquinho de chá e 70 ml de água e prepare a bebida normalmente. Deixe esfriar. Enquanto isso, corte 1 limão ao meio com o cabinho para cima. Retire o miolo branco e corte-o em várias fatias finas. Em um copo, adicione a fruta e açúcar a gosto. Macere com um pilão de madeira. Coloque 30 ml de cachaça, o chá e complete com gelo.

Confira outras combinações harmônicas:

– queijo cheddar com chá de baunilha
– queijo camembert com chá preto
– saladas com chá branco
– comidas picantes e chocolates amargos com chá tipo “earl grey”
– chocolates doces com chá tipo “oolong” ou “sencha”

D.O.M. conquista o júri como melhor de SP

Alex Atala fez do D.O.M., o melhor restaurante de cidade na escolha do júri de O Melhor de sãopaulo, a vitrine de sua obstinada pesquisa de ingredientes brasileiros. Em receitas ousadas, ele mostra produtos como a priprioca, raiz amazônica da qual é extraída uma essência aromática, e o arroz preto, desenvolvido porele em parceria com produtores do Vale do Paraíba (SP).

elo espaço mobiliado com cadeiras do designer Sérgio Rodrigues, o serviço corre silencioso. Chegam à mesa pratos como a raia na manteiga de garrafa, tomilho-limão, mandioquinha defumada, brócolis e espuma de amendoim

Fonte: folha de são paulo

 

MIL-FOLHAS DE BANANA

 

 

 

 

 

MIL-FOLHAS DE BANANA

– 200 g de massa folhada pronta (* você também pode fazer a massa; veja a receita ao fim da página)
– Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Caramelo de banana

– 100 g de açúcar
– 40 g de água
– 20 g de glucose
– 40 ml de creme de leite
– 200 g de banana-nanica madura

PREPARO

– Em uma panela, faça um caramelo com água, açúcar e glucose
– Aqueça o creme de leite até começar a ferver e despeje no caramelo pronto, fora do fogo
– Pique a banana em cubos e misture com o caramelo na panela e cozinhe por 5 minutos
– Reserve (use frio)

Creme legére de baunilha

– 250 ml de leite
– 1/4 fava de baunilha
– 65 g de gemas
– 50 g de açúcar
– 25 g de maisena
– 4 g de gelatina em folha hidratada
– 300 ml de creme de leite

PREPARO

– Faça um creme pâtissier –ferva o leite com a fava de baunilha
– Misture as gemas com o açúcar e a maisena
– Despeje a mistura do leite nas gemas e volte tudo para a panela, mexendo sempre até ficar bem consistente
– Retire do fogo e acrescenta a gelatina hidratada e dissolvida e misture bem
– Reserve em recipiente coberto com filme plástico e deixe esfriar
– Bata o creme de leite em ponto de chantily mole e misture no creme
– Reserve para a montagem

MONTAGEM

– Asse a massa folhada entre duas assadeiras em forno pré-aquecido a 160ºC (forno turbo) ou 185ºC (forno convencional). Retire a assadeira de cima e polvilhe açúcar de confeiteiro
– Leve novamente ao forno a 200ºC até caramelizar
– Retire do forno e deixe esfriar
– Corte em tiras e reserve
– Misture o creme legére com a metade da banana caramelada
– Passe a outra metade da banana caramelada em duas tiras da massa folhada
– Com um saco de confeitar, espalhe o creme sobre a massa
– Na última camada, polvilhe açúcar de confeiteiro

*

MASSA FOLHADA *

Primeira parte

– 500 g de manteiga
– 150 g de farinha de trigo

Segunda parte

– 350 g de farinha de trigo
– 12 g de sal
– 200 g de água

PREPARO

– Bata a manteiga com a farinha de trigo até misturar bem, faça um quadrado e leve à geladeira até ficar bem firme (4 horas)
– Misture todos os ingredientes da segunda parte, sem bater muito, para não dar elasticidade à massa
– Reserve na geladeira, com plástico filme
– Abra a massa em formato quadrado e coloque a manteiga em cima. Comece a dobrar a massa –abra a massa, dobre um envelope, abre novamente e dobre. Deixe a massa descansar no mínimo por 2 horas
– Repita esse processo mais duas vezes, completando 6 dobras
– Abra a massa e fure para não subir demais. Asse