Fazenda Villaggio Grando

Fazenda Villaggio Grando

Fazenda Villaggio Grando

A história se inicia nos anos 90, quando com um amigo francês, cuja família era produtora de armanhaque há muitos anos na França, visitando a região onde hoje se localiza a vinícola, mexendo na terra e analisando o clima e a altitude, indicou o local como sendo “um dos grandes lugares do mundo para se plantar uva para produção de vinhos de qualidade”.

Um ano após este fato o fundador, Maurício Carlos Grando, encontrou-se com o enólogo Jean Pierre Rosier, formado na universidade de enologia de Bordeuax, na França, em uma degustação e comentou sobre as análises do amigo. Neste momento Jean Pierre confirmou as idéias expostas e afirmou que havia muitos anos que esperava por alguém que se dispusesse a arriscar na plantação de vinhedos nobres e produção de grandes vinhos naquela região.

Desde o início da implantação os vinhedos, todos acima de 1350 metros de altitude ao nível do mar, vem sendo aumentados e cuidados com o intuito de se ter plantações suficientes para que sejam abortados todos aqueles cachos em excesso dando, assim, à planta capacidade plena de produzir frutos com qualidade vistas nas regiões vinícolas já consagradas do mundo,  possibilitando produzir vinhos de forma natural que atingem 14º de álcool, sem chaptalização, ou seja, sem adição de açúcar, tendo em vista que o brix dos grãos chegam a 30º.

O Terroir está localizado na região de Herciliópolis, Município de Água Doce, onde a Floresta de Araucárias dá lugar aos chamados Campos de Palmas. Este planalto tem característica ímpares de solo e clima, próprios para o desenvolvimento e cultivo de vinhedos que resultam em uvas de características únicas.

Os locais para implantação são escolhidos a partir de inúmeras pesquisas que englobam: ventos, localização, solo, altitude, umidade e, principalmente, adaptação e qualidade da planta e da uva.

Todos os vinhedos são do tipo espaldeira, sendo as linhas perfeitamente plantadas no sentido norte – sul, o que propicia que o sol, do amanhecer ao entardecer, passe por toda a planta e, ao meio-dia, os cachos estejam protegidos do sol forte pela parte foliar da planta.

Com o inverno rigoroso e o clima bem definido para cada estação, temos uma maturação lenta dos cachos, o que é responsável por colheitas tardias, finalizando-as apenas no mês de Maio, o que resulta em vinhos bem estruturados e de vida longa, incluindo os brancos, além, da produção de álcool natural, fato que ocorre apenas em regiões propícias ao cultivo, como esta.

Na altitude de 1.350 metros onde impera o mais rigoroso inverno brasileiro, as geadas são frequentes e é comum a temperatura atingir os –10ºC.
A amplitude térmica é própria dos locais de clima temperado absoluto, o que determina a colheita entre a primeira semana de março e a primeira semana de maio, época seca e quente, com o sol iluminando as videiras das 5h40min às 20h00, proporcionando assim, um ciclo completo: poda-se em setembro e colhe-se em abril.

A cada dia, a cada safra, observamos os vinhedos mais fortes, mais saudáveis como seus frutos, que ano após ano geram vinhos melhores, mais equilibrados, taninos macios, elegantes, e com maior potencial de guarda. Aqui a natureza é pródiga, resta a nós ajudá-la e protegê-la, pois é desta terra que acreditamos que faremos cada dia mais produtos de altíssima qualidade que certamente fará com que você, consumidor, tenha a vontade de vir prová-los junto a nós neste nobre e abençoado terroir do Brasil.

 

Sauvignon blanc é o vinho que busca atender o consumo de verão brasileiro. Um vinho de muito frescor, mineralidade e leveza. Um branco de altitude atingindo 13,3% de álcool e que consegue manter a elegância e o equilíbrio harmônico. Fácil de beber, é um ótimo vinho para acompanhar peixes leves, ostras e queijos não maturados. Um grande terroir, um nobre vinhedo, um belo vinho de aperitivo!

Villaggio Grando Chardonnay é um vinho que veio para fugir da padronização dos chardonnays, fizemos este vinho sem estágio em barricas para poder mostrar o vinho como ele é. Um vinho de bela cor e belas lágrimas, de aromas florais, de laranja e mel. Um vinho de boa acidez, bom corpo e de boa evolução, tendo hoje exemplares de cinco anos em plena qualidade.

Villaggio Grando Chardonnay com estágio em carvalho é um branco para todas as épocas. Um vinho com passagem de apenas três meses em carvalho francês novo, trazendo aromas de caramelo é um grande acompanhamento para gastronomia de verão, tendo estrutura suficiente para ser degustado no inverno. Um branco de bom corpo e muita persistência, acompanha bem peixes gordurosos, queijos não maturados e bacalhau.

Innominabile, esta é a única forma de descrever este maior símbolo de uma nova era nos vinhos brasileiros. Innominabile significa algo a que não se pode denominar, e é desta forma que este vinho lhes apresenta este novo terroir. Um terroir que nos permitiu fazer um corte de 6 varietais, barricas francesas de três bosques distintos, uma guarda para evolução anual de 20% sempre acrescentada nas safras seguintes e um estilo todo francês de se produzir.

VG merlot é um vinho que se assemelha com produtos do velho mundo, um vinho de muitos e amplos aromas, passando por frutas vermelhas, tostados e chocolate, porém, com um corpo mais elegante e muito equilibrado.

VG Cabernet Sauvignon foi a maior surpresa que tivemos até hoje. Um vinho que não seria lançado na forma varietal e ao provarmos notamos que é um produto especial, os taninos são macios, os aromas nada típicos, muito mais frutados e evoluídos, encontra-se aqui mais que um produto de altitude, uma surpresa nacional.

VG Brut é um espumante charmat elaborado a partir das uvas chardonnay, pinot noir e pinot meunier. É um espumante de muito frescor na boca e frutado no nariz, um brut para todos os paladares. Primeiro rótulo brasileiro que possui a tecnologia QR code.

VG colheita tardia é elaborado com as uvas petit mansang e gros mansang em junho ja com as uvas desidratadas e extremamente maduras. um vinho doce natural com boa acidez e que evoluirá na garrafa ano após ano.

 

VG Alem mar é um corte de cabernet franc, malbec e merlot elaborado pelo renomado enólogo portugues Antonio Saramago e pelo escanção José Santanita eleito pela revista vinhos o melhor sommelier de Portugal. é o vinho que traz os Portugueses novamente as terras Alem mar.

 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

DICAS E VINHOS E LUGARES

%d blogueiros gostam disto: